sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Esboços, desenhos e fichas-modelo do Gralha (por JJ Marreiro)

Inspirado na ave símbolo do Paraná, o Gralha nasceu em 1997 na revista Metal Pesado Especial. Nascido do braistorm de 9 artistas ( Alessandro Dutra, Antonio Eder, Augusto Freitas, Edson Kohatsu, Gian Danton, José Aguiar, Luciano Lagares, Nilson Muller e Tako X ), o personagem logo ganharia as páginas de um importante jornal local, um álbum de quadrinhos e dois curtas-metragens. Com o tempo apareceu em diversas publicações, sites e acabou se tornando um dos personagens de quadrinhos mais importantes do Brasil.

Gustavo Gomes herdou seus poderes do avô, um alienígena que chegou no planeta Terra nos anos 40 e se tornou o herói Capitão Gralha. Reverenciado por muitos, o Capitão Gralha ficou conhecido como O Anjo de Curitiba, O Defensor do Paraná e O Guerreiro Alado do Brasil. Seguindo os passos do avô (e do pai, o segundo Capitão Gralha) Gustavo tenta aprimorar o uso dos poderes e dá o melhor de si para fazer o bem e ajudar as pessoas embora nem sempre as coisas saiam como se espera. Enquanto as aventuras do Capitão Gralha lembram a Era de Ouro dos Quadrinhos, as aventuras do Gralha possuem um contexto mais contemporâneo.
 
Na verdade existem várias coisas legais a respeito do Gralha... Suas HQs se passam num mundo levemente futurista onde pequenos lampejos disso podem ser percebidos na arquitetura onde parte dos prédios abrigam telhados verdes com árvores e vegetação abundante. Narrativamente as aventuras do Gralha lembram as aventuras do Homem-Aranha e do Nova (dos anos 70 e 80) onde o potencial humano dos personagens é explorado em equilíbrio com a adrenalina das aventuras. Fora isso o Gralha tem possibilitado desde sua origem uma infinidade de vôos criativos já que cada artista, cada autor pode explorar um estilo, traço, tema ou gênero indo do humor ao super-herói, passando pelo existencialismo, experimentalismo e por aí vai. O Artbook do Gralha retrata muito bem esse caráter democrático do personagem algo que é bem à cara do Brasil com sua diversidade e sincretismo.







  http://ivancarlo.blogspot.com.br/2016/04/o-capitao-gralha.html
 
https://www.facebook.com/capitaogralha/

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2015/05/gralha-o-heroi-de-um-mundo-pos-moderno.html
http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2016/04/o-voo-do-capitao-gralha.html


MAIS:
GRALHA - O Herói de um mundo pós-moderno!
OGralha.com.br
O Gralha - Artbook
O Gralha - Tão Banal quanto Original (Álbum pela Editora Quadrinhópole)
O Voo do Capitão Gralha
As Histórias Perdidas do Capitão Gralha
Francisco Iwerten: O Homem que sonhava com Heróis 

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Relembrando a STARLOG Magazine

Quando um produto é bom ele atravessa as barreiras do tempo. Este é o exato caso da revista Starlog cujas matérias sobre o mundo da aventura, fantasia e ficção da TV e Cinema são hoje um registro histórico para apreciadores destes universos criativos.

As edições impressas da revista em Fortaleza eram disputadas a tapa quando chegavam os lotes de material importado na Gibiteria Fanzine (na época apenas uma banca). AGora o stress acabou e os fãs podem baixar a versão digital das edições que mais interessem :) O link é esse: STARLOG Magazine


segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Profile Fernando Lima

O criador do Fantasma Escarlate, o Jornalista e Editor Fernando Lima, faz parte da História das Histórias em quadrinhos do Ceará. Tendo publicado em jornais e revistas desde a época em que cursava Comunicação na Universidade Federal do Ceará segue atuando na criação de quadrinhos, tiras, textos e roteiros (aliás excelentes) nos mais variados gêneros. Transitando do humor ao terror e ficção científica com a mesma inteligência e perspicácia. Editor do site armagem.com e da revista Herói Z e do projeto editorial independente Laboratório Espacial, Fernando Lima participou da primeira geração da Oficina de Quadrinhos do Ceará (um projeto de extensão do Curso de COminicação Social da Universidade Federal do Ceará). Listamos abaixo uma minibiografia para que vc possa conhecer um pouco da história deste incrível autor.

FERNANDO LIMA
Jornalista formado pela Universidade Federal do Ceará, fez parte da primeira formação da Oficina de Quadrinhos da UFC na década de 1980.
Como quadrinhista, publicou em jornais, livros e revistas. Participou de antologias diversas, entre elas, o projeto Moreira Campos em Quadrinhos. Editou as revista em quadrinhos Pium, Carbono 14,  Fantasma Escarlate, Herói Z e 4x4. É o editor responsável pelo site de quadrinhos Armagem.com, que disponibiliza gratuitamente HQs de artistas cearenses para leitura on-line.
Criou os personagens Fantasma Escarlate, Suzy Saturno e Dragão do Mar. É responsável pelas tirinhas de humor Uxinho, Mabel, Sobreurbanos e "Relacionamento: Ninguém Te Obrigou!".
Recentemente trabalhou na produção gráfica do álbum “As Histórias Perdidas do Capitão Gralha”, para a editora Quadinhópole.
Contato:
http://www.armagem.com
http://fernandolima.tumblr.com
https://www.facebook.com/sirknightangel

Jornalista formado pela Universidade Federal do Ceará, fez parte da primeira formação da Oficina de Quadrinhos da UFC.Publicou em jornais, revistas, participou de algumas coletâneas e ilustrou livros infantis. Gosta de contar histórias migrando entre os gêneros. Santando de humor para o terror, passando da fantasia para a aventura, sempre tentando criar histórias acessíveis para todas as idades.










Jornalista, designer, editor, ilustrador, quadrinista, criador dos personagens Fantasma Escarlate, Uxinho, Mabel entre outros. Editor-criador das revistas independentes Herói Z, Aliança, 4x4, e outras. Administrador do site Armagem.com e colaborador do blog Laboratório Espacial.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Gibiteria Fanzine: Onde os Heróis se encontram

Janeiro de 2016. O Anuncio foi uma encomenda reunindo heróis para ilustrar a assinatura da Gibiteria Fanzine: Onde os heróis se encontram. Os personagens escolhidos foram Capitão Gralha (criação da Equipe Gralha) e Mulher-Estupenda (criação minha, JJ Marreiro). O Fundo do anuncio é o cenário da própria loja. Como a revista onde será publicado o anuncio é de circulação nacional era importante um mapa e as informações de como chegar na loja. Certamente vários leitores de outros estados em passagem por Fortaleza vão querer conhecer a loja. Aproveite para visitar a página da loja no Facebook clicando AQUI.

E já que o assunto é "FANZINE", que tal checar essa matéria sobre a democratização dos conteúdos neste meio alternativo tão acessível:

http://laboratorioespacial.blogspot.com.br/2016/02/fanzine-democratizacao-dos-conteudos.html




quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Batalhas Épicas, Grandes Guerreiros e Trilhas Sonoras

As trilhas sonoras acompanham o cinema e os games desde muito cedo, ambientação, emoção, clima tudo isso vem junto com a música. Não são poucos os desenhistas que fazem uso de algumas trilhas sonoras para acompanhar a materialização dos roteiros. Alguns preferem o velho rock n'roll, heavy metal, punk, música de meditação ou trilhas de filmes — independente da escolha, a música é uma companhia agradável para os momentos solitários de traço, tinta e prancheta. Nesta postagem compartilho umas seleções bacanas que achei numa visita breve ao youtube. Nos posts originais há a referencias das músicas selecionadas, caso vc se interesse mais por uma ou outra. E aqui (http://www.flvto.biz/pt/) um site que transforma youtube para mp3 caso queira baixar as seleções. Boa Jornada.